Médico da Santa Casa de SP é investigado por estupro de paciente anestesiada durante cirurgia

EMAIL

ARQUIVO

Um médico da Santa Casa de São Paulo está sendo investigado por estupro de vulnerável. Residente do 5º ano de ortopedia, o profissional teria abusado sexualmente de uma paciente, enquanto ela estava anestesiada. O inquérito foi aberto na última quinta-feira (9).

As informações são do g1. Além da investigação policial que ocorre no 77º DP, em Santa Cecília, o Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) apura o caso sigilosamente.

A Santa Casa afastou o profissional. O abuso ocorreu no final de abril. Durante um procedimento, o profissional foi flagrado tocando as genitais da paciente sedada.

O médico é formado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e é especialista em mão. O crime foi filmado pelos outros profissionais que estavam no local.

Denúncias de assédio na faculdade

Funcionários da Santa Casa contaram ao g1 que o médico já foi denunciado pelo crime na época da faculdade.

A Unicamp confirmou a veracidade da denúncia e o aluno teve penalidade acadêmica. “Em função do processo, o aluno foi penalizado com as medidas disciplinares cabíveis, tendo sido suspenso por 90 dias. Compete, ainda, informar que Ramiro Joaquim de Carvalho Neto concluiu o curso de graduação em Medicina em 2017”, diz a nota da univerisade.

Por Diário do Nordeste

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top