Homem matou cunhada após discussão entre crianças da família em Mossoró, diz Polícia Civil

EMAIL

ARQUIVO

O cunhado de Rossileny Silvino Ribeiro Dantas, de 37 anos, apontado como principal suspeito do assassinato da mulher, no último sábado (25), cometeu o crime após um conflito iniciado após uma discussão entre crianças da família, em Mossoró.

Essa é foi a versão confirmada pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte a partir da coleta de depoimentos de testemunhas. O suspeito fugiu após o crime e não foi preso até a última atualização desta matéria. A arma usada no crime também não foi apreendida.

Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Rossileny sofreu um tiro no rosto e outro no abdômen. A esposa do suspeito, que é irmã de Rossilene, também sofreu um tiro de raspão no braço.

O crime aconteceu na casa do suspeito, onde a família tinha se reunido para almoçar no sábado, e passou a tarde, inclusive com consumo de bebidas alcoólicas.

“A briga entre eles teria se iniciado por causa da discussão entre duas crianças. Por causa dessa discussão, ele foi até seu quarto pegar a arma. A caminho do quarto, a sua companheira decidiu ir atrás dele, momento em que foi chamada de rapariga. Rossileny foi atrás deles no intuito de defender sua irmã, momento em que ele pegou a arma e efetuou os disparos”, informou a delegada Luana Vidal.

O crime aconteceu na Rua Antônio Galdino de Freitas, no bairro Vingt Rosado. O homem fugiu em seguida, de carro, segundo testemunhas.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas constatou a morte de Rossileny ainda no local. A irmã dela não corre risco de morte.

A dona de casa deixa dois filhos, de 11 e 13 anos, marido, além dos pais, aos quais dava assistência.

Segundo a Polícia Civil, o homem já tinha passagem pela polícia por ameaça e vias de fato contra uma mulher, registrada no início de 2023. A vítima que registrou a ocorrência, no entanto, não era a companheira atual dele, irmã de Rossileny.

Marido de Rossileny, o mestre de obras Francisco Claudenilson Dantas afirmou que o homem tinha um “histórico” de agressões contra a irmã de Rossileny, e, por isso, essa não era a primeira vez que eles discutiam.

“Cheguei lá (na casa) e ela disse que tinha dito umas verdades para ele. Peguei na mão dela duas vezes para levar ela para casa. O pai dela também. Mas ela quis ficar”, relatou o marido. De acordo com ele, o crime aconteceu em seguida.

Por G1-RN

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top