Tesoureiro do BRB é suspeito de desviar R$ 3,5 milhões para jogos de apostas virtuais

EMAIL

ARQUIVO

Um tesoureiro do BRB (Banco de Brasília) é suspeito de desviar R$ 3,5 milhões para fazer jogos em apostas virtuais. A Polícia Civil do Distrito Federal realiza uma operação nesta terça-feira (20) para investigar o caso. A ação teve início depois que o próprio banco constatou irregularidades nos registros contábeis da agência.

Segundo as investigações, o servidor tinha acesso ao cofre da agência e utilizava conhecimentos das operações de caixa para depositar os valores em sua conta pessoal, falsificando documentos para forjar legalidade.

A polícia realizou buscas que podem indicar a participação de outros funcionários do banco no esquema. Foi determinado o bloqueio dos valores em contas correntes e poupança do investigado, assim como de seguro de vida, ativos financeiros e investimentos.

O servidor pode responder por crime de peculato e lavagem de dinheiro. Caso seja condenado, pode pegar até 22 anos de prisão.

Ao R7, o BRB informou que o homem foi afastado das funções e está sendo investigado também internamente. “Os procedimentos disciplinares estão em curso e cumprem prazo legal. O BRB assegura que nenhum cliente foi lesado e que a ocorrência comprova a eficácia dos meios de controle e fiscalização do banco, bem como sua transparência”, afirmou.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top