Tenso Confronto: Lula deixa ministra em lágrimas durante reunião ministerial

EMAIL

ARQUIVO

A primeira-dama Janja da Silva acolheu o choro da ministra Nísia Trindade depois de uma cobrança do presidente Lula na reunião ministerial, confirmaram à CNN três fontes que participaram do encontro.

Janja foi acompanhada pelas demais ministras mulheres. Segundo revelou a âncora da CNN Tainá Falcão, Lula fez uma cobrança pública a Nísia sobre sua atuação à frente da pasta da Saúde.

Além de uma ação contra a dengue, o presidente também cobrou a ministra pela morte dos ianomanis, pela polêmica resolução do aborto, pela crise nos hospitais federais no Rio de Janeiro e pelo relacionamento complicado com o Congresso.

Nísia reconheceu que tinha dificuldades com o centrão, disse não sabia da nota técnica do aborto, explicou que a morte dos ianomanis era subnotificada no governo Bolsonaro e que pretendia fazer mudanças no gabinete por causa da crise no Rio de Janeiro.

Lula então retomou a palavra e disse que ela tinha o apoio dele para tirar e manter secretário e para corrigir o rumo, mas que tinha que melhorar sua relação com o Congresso. Foi nesse momento que Nísia chorou.

A ministra falou sobre a condição de mulher e de que não estava disposta a “falar grosso”. Foi nesse momento que ela foi acolhida por Janja.

Nísia e Janja tem feito agendas conjuntas e ficaram muito amigas, tem uma relação de “comadres”, segundo pessoas próximas. A primeira-dama tem muita preocupação com a representatividade das mulheres no ministério.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top