STF mantém condenação de Wilson Witzel por crime de responsabilidade

EMAIL

ARQUIVO

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve a condenação do ex-governador do Rio, Wilson Witzel (PSC-RJ) por crime de responsabilidade por envolvimento em corrupção na área da saúde do estado. Witzel sofreu impeachment em abril.

O ex-governador alegou ter sido submetido a “Tribunal de Exceção” por considerar ilegal a constituição do Tribunal Misto, formado por cinco desembargadores e cinco deputados estaduais. Por unanimidade, eles condenaram Witzel ao crime de responsabilidade e a perda dos direitos políticos até 2026.

“Não há, portanto, qualquer violação aos princípios da impessoalidade ou imparcialidade, mesmo porque, a participação de Parlamentares é condição indissociável ao procedimento investigativo de crime de responsabilidade, diante de sua natureza política”, escreveu Moraes em um dos trechos da decisão de quinta-feira (22/7).

Réu

Witzel e sua mulher, Helena, e outros nove acusados de envolvimento em corrupção no governo do estado são réus em ação que tramita na 7ª Vara Federal Criminal.

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, os acusados realizaram encontros livros no Palácio Laranjeiras, residência oficial do então governador, para “vender facilidades” à Organização Social Hospital Maternidade Therezinha de Jesus, que tinha dívida com o estado de R$ 500 milhões com a cobrança de propina de 20%.

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima