Pesquisar
Close this search box.

Só em 2024 Brasil tem mais vítimas da dengue do que nos últimos 7 anos somados

EMAIL

ARQUIVO

Desde o início de 2024, o Brasil vem enfrentando uma das mais graves crises de saúde pública de sua história recente devido ao aumento alarmante da dengue. Os números são assustadores, com um recorde de 4.367 mortes registradas apenas nos primeiros meses do ano, ultrapassando a soma de fatalidades ocorridas de 2017 a 2023.

A situação requer uma atenção especial das autoridades e da população, pois além dos óbitos, o número de casos prováveis da doença continua crescendo. Segundo o painel de monitoramento do Ministério da Saúde, já são mais de 6 milhões de casos prováveis apenas este ano, marcando 2024 como o ano com os números mais altos na série histórica.

O que Revelam os Dados Atuais?

Fazendo um comparativo com os anos anteriores, observamos um salto preocupante nos indicadores. Para se ter uma ideia, em 2023, foram registrados 1.179 óbitos, significativamente menos que os números da atualidade. Essas estatísticas calamitosas já ultrapassaram os limites de todos os alertas anteriores e evidenciam a gravidade do quadro enfrentado.

Quais Estados São Mais Afetados?

De acordo com as últimas informações, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Distrito Federal e Goiás são os estados com maior número de óbitos, correspondendo a 77% dos casos. Esses dados refletem não apenas as dificuldades regionais de combate à doença mas também a vasta distribuição geográfica da epidemia.

Podemos Esperar Melhorias?

A despeito das estratégias implementadas até agora, os esforços parecem insuficientes face ao avanço da doença. A circulação intensa do mosquito transmissor, combinada com períodos de chuvas e a necessidade de uma conscientização maior da população sobre prevenção, são desafios que ainda precisam ser superados.

Estatísticas Detalhadas De 2020 a 2024

  • 2024: 4.367 óbitos até agora
  • 2023: 1.179 óbitos
  • 2022: 1.053 óbitos
  • 2021: 315 óbitos
  • 2020: 583 óbitos

Diante deste panorama, é fundamental que cada cidadão contribua, eliminando os possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue. Além disso, é crucial que as autoridades intensifiquem as campanhas de conscientização e prevenção para que possamos reverter este quadro devastador.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima