Servidores ameaçam ir à Justiça se Governo do RN insistir com plano que prioriza vacinação só de professores

EMAIL

ARQUIVO

A presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Governo do Estado (Sinsp), Janeayre Souto, afirmou nesta quarta-feira (19) que a entidade vai ingressar com uma ação na Justiça se a gestão da governadora Fátima Bezerra (PT) colocar em prática um plano de vacinação contra a Covid-19 que prioriza professores em detrimento de outros servidores das escolas – como porteiros, ASGs e merendeiros.

Em entrevista ao programa “12 em Ponto 98”, da 98 FM Natal, a sindicalista criticou o planejamento do governo estadual e disse que a vacina deve ser disponibilizada para todos os trabalhadores da educação, inclusive da rede privada. A sugestão é que, se não houver doses suficientes para aplicar a vacina de uma vez, que seja feito um escalonamento considerando idade e possíveis comorbidades, mas não priorizando grupos profissionais.

“Nós do Sinsp estamos prontos com nossa ação. Caso tenha (a vacinação), vamos judicializar essa vacinação de um segmento em detrimento de outro. A vida dos servidores, dos professores, das escolas pública e privada, e dos servidores importam”, enfatizou Janeayre Souto.

A presidente do Sinsp afirmou que, ao buscar priorizar professores na vacinação, a governadora Fátima Bezerra age com corporativismo, já que ela é oriunda do movimento sindical dos educadores.

“Talvez o corporativismo tenha sido maior, como (ela, a governadora) foi corporativista quando deu 16,38% (de reajuste) para os procuradores, para os auditores (fiscais), delegados e 23% para a categoria dela, do magistério”, destacou a sindicalista.

Plano de vacinação

No início desta semana, o Governo do Estado anunciou um plano de vacinação para trabalhadores da educação como parte da estratégia para a retomada das aulas presenciais na rede pública.

O plano prevê que a imunização será em quatro etapas: inicialmente, para professores da rede pública; depois, para os demais trabalhadores das escolas na rede pública; depois, para professores da rede privada; e, por fim, para os demais trabalhadores das escolas na rede privada.

A ideia do governo estadual era começar a vacinação na próxima segunda-feira (24) utilizando parte do estoque de vacinas que estão guardadas como “reserva técnica”. Depois da repercussão negativa do plano, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) informou ao PORTAL DA 98 FM que o início da imunização depende de uma “pactuação” entre Governo do Estado e Ministério Público.

Por 98 FM

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima