Senador Styvenson prefere não presidir Podemos no RN

EMAIL

ARQUIVO

O senador Styvenson Valentim confirmou sua permanência no Podemos, mas disse que não irá presidir o partido no Rio Grande do Norte, função para a qual delegará um dos dez ou 11 prefeitos que estão vindo para o partido, sendo que o nome mais cotado é o do prefeito de Acari, Fernando Antonio Bezerra (SDD), o “Fernandinho”, ou provavelmente o advogado Kelps Lima, caso o ex-deputado estadual decida se desfiliar do Solidariedade.

Vice-líder da bancada partidária no Senado, Styvenson Valentim informou, ainda, que o presidente do Podemos em Natal deverá ser o ex-prefeito de Olho d’Agua dos Borges, Breno Queiroga, que chegou a ser cogitado a sair candidato a governador nas eleições de 2022 pelo Solidariedade, que terminou indicando candidato o ex-vice-governador Fábio Dantas.

Segundo Valentim, o Podemos já trabalha com a possibilidade de lançar candidato a prefeitura de Natal, nas eleições municipais de 2024 e, pessoalmente, o nome de sua preferência é Breno Queiroga, que considera um político qualificado e com perfil para cargo Executivo. “É bom para Natal a pluralidade de candidados e para escolha dos eleitores”, declarou Valentim, para quem o grande número de  pré-candidatos é um prenúncio que as eleições em Natal poderão ser decididas em segundo turno. 

Valentim afirmou que decidiu permanecer no Podemos depois de uma conversa que teve com o líder da bancada do partido no Senado Federal, Oriovisto Guimarães (PR), a presidente nacional do partido, a deputada federal Renata Abreu (SP) e o ex-senador paranaense Álvaro Dias, que ainda exerce papel de liderança na legenda. “Um dos motivos para que permanecesse no partido, foi de que tivesse a segurança de  fazer todas as indicações para os cargos no partido”, destacou.

O senador Styvenson Valentim arguiu que a vinda de uma dezena de prefeitos para o Podemos, não configura “curral eleitoral” como podem pensar, mas são prefeitos que agem com transparência, por exemplo, na aplicação de recursos públicos provenientes de emendas destinadas pelo parlamentar aos municípios: “Pelo menos 30% dos prefeitos se adequaram à forma de transparência na aplicação dos recursos”.

A respeito de comentários sobre o convite para o deputado federal General Girão (PL) vir para o Podemos, o que o senador declarou que o deputado e quem pode falar sobre o assunto, mas confirmou que Girão andou conversando com a deputada federal Renata Abreu.

O General Girão disse à TRIBUNA DO NORTE que “tem uma boa relação de amizade com a direção nacional do Podemos e, embora conversas republicanos na política sempre existam, sigo no PL”. Girão afirmou que tem conversado com outras siglas partidárias, “sempre com o conhecimento dos presidentes nacional e estadual do PL (Valdemar Costa Neto o senador Rogério Marinho), com a finalidade de juntar o máximo de partidos para derrotar o PT”.

Girão declarou que “continua sendo fiel ao presidente Bolsonaro e aos eleitores que me confiaram o segundo mandato como deputado federal. O que pretendemos é construir uma candidatura legitimamente de direita para os municípios do Rio Grande do Norte, especialmente Natal”. 

Por fim, Girão acha que “se existem pessoas falando coisas diferente disso, deve ser por inveja e vontade de que nosso nome não apareça. Para esses, quero informar apenas que quem decide é o eleitor”.

Por Tribuna do Norte

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top