Santos? Mortos em operação no Complexo da Penha ostentavam joias e armas nas redes sociais

EMAIL

ARQUIVO

Dois mortos na operação no Complexo da Penha, na manhã desta quarta-feira (2), eram figuras ativas nas redes sociais e, em publicações, costumavam exibir joias de ouro e armas de guerra. A notícia é do G1.

Claudio Henrique da Silva Brandão, conhecido como Du Leme, e Carlos Alberto Marques Toledo, conhecido como Fiel da Penha, eram procurados pela polícia. A ação deixou 10 mortos e cinco feridos.

Du Leme era acusado de ser chefe do tráfico de drogas na Chatuba. Ele tinha quatro mandados de prisão em aberto. Já Fiel da Penha era gerente do tráfico de drogas no Sereno/Chatuba. Em um dos vídeos publicados, Du Leme aparece dançando e exibindo cordões, braceletes, além de um relógio de ouro, no Baile da Penha, na Zona Norte.

Outros registros publicados nas redes mostram o traficante Fiel da Penha usando roupas camufladas similares às fardas policiais e exibindo um cordão de ouro personalizado, onde está escrito o seu apelido e o nome do Complexo da Penha.

De acordo com informações da polícia, os outros suspeitos que morreram durante a operação seriam lideranças ou seguranças de Du Leme e Fiel da Penha.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top