R$ 10 milhões falsos: golpistas que fingiam ser diretores do BNDES são detidos com dinheiro ‘fake’

EMAIL

ARQUIVO

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) realizou uma operação chamada “Mala Falsa” para desmantelar uma quadrilha de estelionatários que se passava por diretores do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para aplicar golpes.

Os crimes investigados incluem estelionato, moeda falsa e organização criminosa. O grupo criminoso, sediado no DF, já havia sido preso em Cuiabá em março deste ano, quando tentava aplicar o golpe do falso empréstimo.

Durante as buscas realizadas na primeira fase, os policiais encontraram itens para falsificação de moeda e cerca de R$ 10 milhões em notas falsas.

Um dos presos é identificado como autor em 20 inquéritos que tramitam no DF. Os autores acumulam ocorrências desde 2005 por receptação, uso de documento falso, moeda falsa e estelionato. Na segunda fase da operação, deflagrada nesta quarta-feira (24), foram apreendidos documentos que corroboram as investigações.

Em 2023, uma procuradora aposentada do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE-TO) sofreu um prejuízo de R$ 1 milhão ao pedir um empréstimo equivalente a 15 vezes esse valor. Os estelionatários deram a ela uma bolsa cheia de dólares falsos como suposta garantia e fugiram com o dinheiro verdadeiro.

O nome da operação faz referência às malas de dinheiro falsas que os autores usavam ao abordar empresários que se tornariam vítimas dos crimes.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top