Jornalista com doença rara ganha embate contra a Record TV

EMAIL

ARQUIVO

Nesta segunda-feira (6/5), Arnaldo Duran ganhou um embate contra a Record TV, onde atuava. O jornalista foi demitido da emissora no ano passado por ter síndrome de Machado-Joseph, entrou na Justiça e teve decisão favorável. O canal do Bispo Macedo terá que recontratá-lo. “Vitória emblemática”, disse o comunicador através de sua assessoria jurídica.

De acordo com o portal Terra, o advogado Kiyomori Mori, confirmou o veredito e afirmou que a Record já foi notificada, tendo 48 horas para reestabelecer o vínculo empregatício, assim como incluí-lo no plano de saúde oferecido aos colaboradores.

A juíza que julgou a ação classificou a atitude da empresa como “ofensa a dignidade do trabalhador”. Caso a Record TV se recuse a cumprir a exigência da magistrada, será cobrada em R$ 50 mil por dia, como multa.

Para Mori, aconteceu uma “vitória emblemática”, uma vez que pode influenciar em outras decisões de pessoas que sofrem ou já sofreram com problemas semelhantes ao de Duran.

Arnaldo Duran foi diagnosticado com a doença em 2016 e, desde então, vem tratando o problema pelo seguro saúde da emissora. A síndrome de Machado-Joseph tem como principais sintomas a falta de coordenação de movimentos musculares voluntários e a falta de equilíbrio.

Em janeiro, Duran bateu um papo exclusivo com a coluna e desabafou sobre o assunto. “Eu fiquei assustadíssimo, não me lembro de ter nenhuma reação quando me disseram. A ficha não caiu e acho que não caiu até agora”, afirmou.

Ele deu mais informações sobre sua doença: “Eu tenho uma doença neurológica degenerativa que se chama Machado-Joseph, que agora é conhecida no mundo como SCA3. E eu acreditava que se eu não ia perder o emprego fácil assim. Porque, apesar das dificuldades que essa doença traz, por exemplo, no equilíbrio eu já quase não consigo ficar em pé, só posso andar com o aquele andador. Mas eu falo muito bem ainda”.

Arnaldo Duran voltou a falar sobre a atitude da emissora: “A minha demissão foi um ato desumano. Por quê? Além de tudo o que aconteceu, a Record espalhou que me demitiu por causa do salário alto. Já me queimou no mercado. [Os contratantes pensam] ‘eu não vou contratar o cara porque ganha, não tenho dinheiro pra pagar’. E espalhou pelo mundo inteiro também que eu tenho a doença neurológica degenerativa”, queixou-se.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top