Em 15 meses, viagens de Lula custaram R$ 29 milhões à Casa Civil

EMAIL

ARQUIVO

O presidente presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizou 128 viagens entre janeiro de 2023 e 5 de abril deste ano, ao custo total de cerca de R$ 29,6 milhões, que inclui passagens, hospedagens, aluguel de veículos, serviços de telefonia e apoio de solo.

As informações foram compartilhadas pela Casa Civil em resposta a um pedido da agência Fiquem Sabendo via Lei de Acesso à Informação (LAI). A solicitação das informações sobre as viagens presidenciais foi feita quatro dias após Lula cobrar ministros a viajarem mais durante reunião em 18 de março deste ano.

A análise realizada pela Fiquem Sabendo sobre os custos por destino das viagens presidenciais no referido período se baseou exclusivamente nos dados e informações fornecidos pela pasta. Não foram fornecidas pelo órgão explicações adicionais além das informadas na resposta do pedido. A agência também não pôde verificar se todas as viagens de fato se realizaram.

É importante destacar que os valores gastos não correspondem apenas ao presidente e sim à equipe inteira (contando seguranças, assessores, entre outros).

Principais destinos
O levantamento indica que 67% dos gastos nesses cinco primeiros trimestres de governo foram com viagens nacionais (aproximadamente R$ 19,8 milhões). As viagens pelo Brasil respondem por 74% do número total de deslocamentos (95 viagens).

Entre os roteiros mais frequentes estão cidades no Sudeste. São Paulo e São Bernardo do Campo, por exemplo, estão entre os cinco destinos mais usuais no período. Já o Rio de Janeiro, também no topo da lista, foi o destino da viagem mais cara registrada, segundo o levantamento. Entre 2 e 7 de dezembro, o total de despesas chegou a pouco mais de R$ 948 mil – cerca de R$ 434,8 mil gastos com cartão corporativo.

O levantamento também mostra os gastos presidenciais durante o recesso de final de ano. Entre 20 de dezembro e 5 de janeiro, há registro da viagem para Itacuruçá, distrito do município de Mangaratiba, situado na região litorânea da Costa Verde, no Sul do estado do Rio de Janeiro. A viagem de 16 dias custou aos cofres públicos R$ 441,3 mil – cerca de R$ 176 mil apenas no cartão corporativo.

Viagens internacionais

Os dados da Casa Civil apontam ainda que as viagens internacionais respondem por 26% do total de deslocamentos (33 viagens) e custaram R$ 9,7 milhões.

Em relação aos roteiros fora do país, a Casa Civil informou ainda que “de acordo com o Decreto nº 940/1983, as despesas com viagens presidenciais ao exterior são de responsabilidade do Ministério das Relações Exteriores, ficando a cargo da Presidência da República as despesas com serviços de apoio de solo, de comissaria aérea, de telefonia no país destino, de seguro viagem internacional, além de eventual despesa com passagens aéreas para os servidores da PR (Presidência da República)”.

Na planilha enviada pelo governo, há ainda três viagens internacionais que têm como destino Israel entre outubro e dezembro do ano passado. Lula, no entanto, não visitou o país após o atentado do grupo terrorista Hamas em setembro. Não há gastos com passagem, veículos ou diárias, mas custos no cartão corporativo no valor de R$ 1.259.10,94, que não foram detalhados.

Por Ig

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top