Alec Baldwin deve abandonar carreira após causar morte de diretora, afirmam amigos

EMAIL

ARQUIVO

Após matar Halyna Hutchins, diretora de fotografia do filme Rust, com um tiro acidental no set de filmagem do longa, Alec Baldwin deve abandonar a carreira de ator. Pelo menos é isso que afirmam os amigos mais próximos ao artista, conforme noticiou o site Radar Online. Para a publicação, uma pessoa contou que o ator vai se aposentar, motivado pelo incidente que vitimou Halyna.

“Acabou para o Alec. Pode-se dizer que é mais do que provável que ele nunca mais volte a pisar em um set de filmagem. É um pesadelo real. Ele jamais vai conseguir se perdoar pelo que aconteceu e por isso seus dias de atuação chegaram ao fim”, afirmou um colega de Alec. Outra fonte da publicação que é próxima ao ator confirmou as informações.

“Após esse acidente, fazer filmes se torna algo completamente insignificante. A vida dele vai mudar completamente a partir de agora. Justiça social e ativismo sempre foram muito importantes para o Alec, eu não me surpreenderia se ele passe se dedicar apenas a isso a partir de agora”, disse.

O acidente segue sendo investigado pela polícia da cidade de Santa Fé, no estado do Novo México, nos Estados Unidos, local em que o longa vinha sendo rodado. O portal de entretenimento NaTelinha já havia informado que Alec ia tirar um período sabático, após o ocorrido.

Alec Baldwin disparou uma arma supostamente cenográfica e acabou matando Halyna no set de filmagem na quinta-feira (21). O fato aconteceu enquanto ele gravava o filme de Velho Oeste intitulado Rust. O diretor Joel Souza também ficou ferido.

Ele foi levado a um centro médico de acordo com o site Deadline. Atingido no ombro, teve alta na sexta (22). Já a diretora Halyna não teve a mesma sorte e acabou indo a óbito.

Por Na Telinha

Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima