Pesquisar
Close this search box.

Vídeo: Foguete chinês cai após lançamento acidental durante teste no solo

EMAIL

ARQUIVO

Um foguete da Space Pioneer caiu após ser lançado acidentalmente durante um teste em solo neste domingo (30), conforme disse a empresa chinesa em um comunicado.

A queda aconteceu quando o primeiro estágio do foguete Tianlong-3 se desprendeu da plataforma de lançamento durante um teste, devido a uma falha estrutural. Ele aterrissou em uma área montanhosa da cidade de Gongyi, na China central.

“Devido à falha estrutural da conexão entre o corpo do foguete e a plataforma de teste, o foguete de primeiro estágio se separou da plataforma de lançamento”, disse a Space Pioneer, também conhecida como Beijing Tianbing Technology.

“Após a decolagem, o computador de bordo foi desligado automaticamente, e o foguete caiu nas montanhas profundas a 1,5 quilômetros a sudoeste da plataforma de teste. O corpo do foguete caiu na montanha e se desintegrou.”

Não houve feridos como resultado da queda, disse a empresa, pois as pessoas na área foram evacuadas antes do teste do foguete.

A Space Pioneer, uma empresa líder no setor de foguetes comerciais, é especialista em foguetes de propelente líquido.

Em abril de 2023, ela lançou com sucesso seu Tianlong-2, tornando-se o primeiro operador comercial da China a enviar um foguete transportador de líquido para o espaço e entrar em órbita com sucesso, segundo a mídia estatal.

O Tianlong-3, o foguete que caiu neste domingo, é um grande foguete transportador de líquido. Ele foi feito para auxiliar a construção da rede de internet via satélite da China.

O desempenho do produto do foguete é comparável ao Falcon 9 da SpaceX, segundo a Space Pioneer. A empresa chinesa poderá lançar o foguete mais de 30 vezes por ano após o primeiro voo bem-sucedido do foguete.

O acidente ocorre poucos dias após o módulo lunar Chang’e-6 da China retornar à Terra do espaço, onde coletou as primeiras amostras do lado oculto da lua.

A missão foi um marco importante no “sonho eterno” da China — como articulado pelo líder chinês Xi Jinping — de estabelecer o país como uma potência espacial dominante e ocorre quando vários países, incluindo os Estados Unidos, também intensificam seus próprios programas de exploração lunar.

Por Agora RN

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima