Turistas encontram câmera escondida em quarto de resort

EMAIL

ARQUIVO

A Polícia Civil de Pernambuco instaurou inquérito para investigar a instalação de uma câmera de vídeo em frente à cama de um flat em um resort localizado na praia de Muro Alto, em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, na Grande Recife. O equipamento foi encontrado por um casal de turistas de São Paulo que se hospedou no local, utilizado para aluguéis de temporada, entre os dias 13 e 17 deste mês.

Segundo informações do Diario de Pernambuco, portal parceiro do Metrópoles, o casal prestou queixa na última terça-feira (16/1), mas ainda não foi ouvido formalmente pelos investigadores. Os nomes e as idades das vítimas não foram divulgados.

A ocorrência é investigada como crime de “registro não autorizado de intimidade sexual” (Art. 216 – b do Código Penal), que trata sobre “produzir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, conteúdo com cena de nudez ou ato sexual ou libidinoso de caráter íntimo e privado sem autorização dos participantes”, com pena de detenção de 6 meses a 1 ano, além de multa.

Como aconteceu

O casal estava hospedado em um resort, no último dia 13, quando percebeu que uma tomada que fica ao lado da cama não permitia o acesso de nenhum conector. Então, as vítimas decidiram prestar mais atenção e constataram que dentro da tomada havia uma câmera oculta, que grava imagens de “forma discreta e imperceptível”.

“As vítimas estavam hospedadas em um condomínio em Muro Alto e descobriram uma câmera dentro da tomada, que focava exatamente em frente a cama de casal. As investigações já foram iniciadas, e o casal será intimado para prestar depoimento de forma remota, já que eles já retornaram para São Paulo, após prestarem queixa”, comentou uma fonte da Delegacia de Porto de Galinhas em entrevista exclusiva ao Diario de Pernambuco.

“Ele (proprietário) já foi ouvido e prestou algumas informações. Ele informou que locou o imóvel e contratou uma empresa para administrar o empreendimento. Essa empresa é responsável por locar, pela segurança, e outros serviços. O proprietário negou que instalou o equipamento. Agora, os investigadores pretendem intimar os responsáveis por esta empresa para prestar depoimento”, explicou a fonte.

Esses depoimentos estão previstos para acontecer no início desta semana, e as oitivas devem ocorrer na Delegacia de Porto de Galinhas.

Ainda segundo a fonte, a polícia apreendeu a câmera, e o equipamento foi encaminhado ao Instituto de Criminalística (IC) para identificar quem seria a pessoa que estaria recebendo as imagens captadas no quarto do resort em que o casal de turistas estava.

Com base nisso, a polícia não descarta que haja outras vítimas e investiga o caso justamente para entender as circunstâncias da instalação do equipamento.

Por Metrópoles

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top