Site Congresso em Foco revela que 62% dos parlamentares federais do RN fazem parte da “bancada da bala”

EMAIL

ARQUIVO

Segundo o site Congresso em Foco, 5 dos 8 deputados federais do Rio Grande do Norte fazem parte da chamada “bancada da bala”. Dos senadores potiguares, apenas 01 é apontado como integrante da citada bancada. A publicação do veículo de comunicação nacional não divulga os nomes dos parlamentares que integram a “bancada da bala”, se limitando a indicar a quantidade de integrantes por Estado.

Composta por mais de 250 deputados, a Frente Parlamentar da Segurança Pública, mais conhecida como bancada da bala, é considerada uma das mais atuantes e poderosas do Congresso. Junto com as bancadas evangélica e do agronegócio, forma um poderoso trio que, por vezes, atua em conjunto na defesa de pautas consideradas mais conservadoras no Congresso. Endurecimento da legislação penal e facilitação do acesso às armas para a população civil são as principais bandeiras do grupo, que é liderado, sobretudo, por parlamentares com origem em forças de segurança pública.

Vale ressaltar, no entanto, que o Nordeste é a região que apresenta o menor percentual de adesão à bancada da bala, com 39% de seus deputados na frente parlamentar. Apenas dois estados da região contam com mais da metade de seus representantes dentre os signatários: o Rio Grande do Norte, com 62%, e a Paraíba, com 58%.

Goiás é o estado do Centro-Oeste com maior proporção de deputados armamentistas. Dos seus 17 deputados federais, 11 (64%) assinaram o requerimento de criação da frente parlamentar.

Se o Centro-Oeste é a região com maior índice de deputados pró-armas, são da região Norte os três estados com maior representação proporcional dos parlamentares armamentistas. Todos os oito representantes de Tocantins na Câmara integram a “bancada da bala”, da qual fazem parte 75% dos deputados federais de Rondônia e do Acre.

Em números absolutos, São Paulo é o estado com maior número de deputados pró-armas: 31, ou seja, 44% dos seus 70 deputados federais.

Veja o percentual de deputados pró-armas por região:

Sudeste = 44,13%

Sul = 46,75%

Norte = 56,92%

Centro-Oeste = 64%

Nordeste = 39%

Sudeste à frente no Senado

No Senado, não há uma frente parlamentar formalizada para a área da segurança pública. Ainda assim, ao menos 13 senadores abraçam declaradamente a bandeira da flexibilização do comércio de armas.

A região com mais parlamentares defensores da pauta armamentista é o Sudeste. Dois dos três senadores do Espírito Santo, um de Minas Gerais, um de São Paulo e outro do Rio de Janeiro são pró-armas. Goiás, Rio Grande do Sul e Rondônia têm dois nomes cada. Santa Catarina e Rio Grande do Norte contam com um nome cada um.

O levantamento do Congresso em Foco mostra que, também no Senado, o Nordeste é a região com menor adesão parlamentar à causa armamentista.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top