Prefeitura abre mais um Hospital exclusivo para pacientes com Covid-19

EMAIL

ARQUIVO

A Prefeitura de Natal (RN) vai abrir mais um Hospital nos próximos dias, com capacidade para 50 leitos destinados exclusivamente ao tratamento da Covid-19. O local, um prédio particular na Zona Sul da cidade onde funcionava uma clínica médica, estava fechado e seu uso pelo Município foi autorizado pela Justiça estadual, em parecer favorável ao pedido da Prefeitura. O novo Hospital fica na avenida Senador Salgado Filho, 2993, próximo à UFRN.

A previsão do Município é de que até o fim desta semana sejam instalados 30 leitos clínicos no local para atender pacientes de Covid. O prédio de dois andares tem capacidade para receber 50 leitos que deverão ser instalados pela Prefeitura até o fim deste mês, de acordo com a viabilidade de estrutura na sua capacidade máxima.

“Natal terá mais um Hospital para reforçar a luta contra o Coronavírus e salvar vidas. Atitude é a arma da Prefeitura na guerra contra o Coronavírus. Estamos agindo o tempo todo e buscando soluções para cuidar bem das pessoas”, destaca o prefeito Álvaro Dias. Que emenda: “Mais um hospital para tratar contra a Covid-19 é resultado do trabalho incansável da nossa equipe na luta pela vida”.

Ação Judicial

De acordo com a Secretaria de Saúde de Natal, foi iniciada uma negociação com o proprietário do imóvel para locação, mas sem êxito. “A SMS Natal fez uma requisição administrativa, que não foi acatada pelo proprietário, então entramos na Justiça e foi concedida uma liminar para utilização do prédio, que tem uma estrutura pronta e não estava cumprindo nenhuma função social”, explica o secretário-adjunto da SMS Natal, Vinícius Capuxu.

O Município de Natal entrou com uma ação civil pública com pedido de tutela de urgência objetivando, em caráter de emergência, a entrega imediata das chaves do imóvel. O Ministério Público também foi provocado pela Justiça a se manifestar sobre o pleito do Município de Natal e opinou favoravelmente. Tanto o parecer do Ministério Público quanto a decisão da juíza Virgínia de Fátima Marques Bezerra, plantonista no TJ, levaram em conta o quadro epidemiológico da Covid-19, que se agravou nos últimos meses.

Na decisão judicial proferida na última sexta-feira (12), foi estipulada multa diária de R$ 50 mil como punição a eventual descumprimento por parte do proprietário do imóvel, bem como a aplicação de força policial, o que não foi necessário.

“Nossa preocupação no momento é salvar vidas e desafogar as UPAs de Natal, que estão operando acima da sua capacidade de atendimento. As instalações deste hospital tem capacidade para 50 leitos”, afirma o secretário municipal de Saúde, George Antunes, acrescentando que até o final desta semana serão instalados os 30 leitos clínicos iniciais. “Até o final do mês, estaremos analisando a viabilidade estrutural para instalação da capacidade máxima”, completa Antunes.

Leitos Covid–19

Com essa nova medida, Natal passa a ter três hospitais de referência para tratamento da Covid: o Hospital Municipal de Natal, onde funcionam 24 leitos de UTI Covid e 31 leitos de enfermaria; o Hospital de Campanha, na Via Costeira, com 34 leitos de UTI Covid e mais 100 leitos clínicos; o Hospital dos Pescadores, nas Rocas, com 30 leitos clínicos Covid, e, até sexta-feira, mais 30 leitos clínicos no prédio adquirido para ampliar a rede de cuidados da cidade. Além desses leitos de internação, no Palácio dos Esportes estão sendo montados mais 50 leitos no Hospital Dia, para tratamento de casos leves.

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima