Pix de R$ 5,1 mil para famílias e antecipação de benefícios: veja anúncios do governo Lula ao RS

EMAIL

ARQUIVO

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva anunciou, nesta quarta-feira (15), uma série de medidas voltadas para as pessoas físicas atingidas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. Entre as ações, estão Pix de R$ 5,1 mil para famílias que perderam bens durante as enchentes, incorporação de mais beneficiários no Bolsa Família e liberação de parcelas adicionais de seguro-desemprego.

“É uma ajuda para as pessoas que perderam suas geladeiras, fogões, móveis, colchões, e que será atestado pela Defesa Civil de cada município as ruas que as pessoas perderam seus objetos. Essas pessoas terão de forma rápida e facilitada, via Caixa Econômica Federal, a transferência nas suas contas via Pix de R$ 5.100″, disse Rui Costa.

“A comprovação se dará apenas pelo endereço que a pessoa mora. Quem perdeu todos os documentos, vai lá, diz o CPF e vai ser via aplicativo com a autodeclaração das pessoas. Esse endereço, evidente, será checado”, acrescentou. O benefício deve ter impacto de R$ 1.2 bilhão e deve atingir pouco mais de 200 mil famílias.

Os gaúchos atingidos pelas chuvas poderão sacar até R$ 6.220 pelo FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O governo antecipou para sexta-feira (17) o pagamento dos beneficiários do Bolsa Família. “De imediato, foram incorporadas 21 mil famílias para que já possam ter uma renda a partir deste mês”.

Além disso, a gestão anunciou a antecipação do pagamento do abono-salarial, a liberação de duas parcelas adicionais do seguro-desemprego e a restituição antecipada do imposto de renda para todos os brasileiros do Rio Grande do Sul. O valor é de R$ 1,1 bilhão. “Esse dinheiro volta para ser injetado na economia do estado”, informou Costa.

As pessoas que estão em abrigos ou em casas de familiares podem procurar na sua cidade um imóvel à venda, que será comprado pelo governo federal via Caixa Econômica Federal. As construtoras vão poder negociar diretamente com o governo federal, ao invés das famílias beneficiadas. Os valores, ainda não definidos, devem seguir os critérios do Minha Casa, Minha Vida, programa habitacional que tem preço de residência de até R$ 170 mil.

Por fim, o governo informou a abertura de estudos de alternativas para o sistema Guaíba-Lagoa dos Patos. A reformulação do sistema de proteção de cheias da região metropolitana de Porto Alegre deve incluir uma solução para a retenção de água e contenção das bacias.

Por R7

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top