PF apreende R$ 2 mil em notas falsas enviadas pelos Correios para cidades do RN

EMAIL

ARQUIVO

A Polícia Federal prendeu em flagrante nessa sexta-feira (23), em duas cidades do interior do Rio Grande do Norte, dois homens, de 22 e 23 anos, respectivamente, quando eles recebiam através dos Correios, R$ 1 mil, cada, em cédulas falsificadas.

A primeira prisão aconteceu em Brejinho, na Região Agreste Potiguar, no momento em que o suspeito foi detido ao sair da agência após ter recebido um envelope com o dinheiro fracionado em notas de R$ 100.

Abordado, ele confessou que havia adquirido as cédulas falsas por intermédio de um desconhecido a partir de um grupo existente em um aplicativo de mensagens. O homem recebeu voz de prisão e seguiu conduzido para a Superintendência da PF em Natal, onde foi autuado pelo crime de moeda falsa.

Já a segunda prisão aconteceu no município de Ipanguaçu, na região do Vale do Açu, em situação bem parecida. O acusado foi detido no momento em que deixava a agência dos Correios levando um envelope lacrado que acabara de receber. Ele não reagiu e de imediato confessou a posse do dinheiro falso. Ao ser aberta, a correspondência continha um total de 20 notas de R$ 50.

Em sua defesa, o homem declarou que havia sido “contratado” por um desconhecido, sob promessa de gratificação, caso recebesse e lhe repassasse aquela correspondência. Conduzido para autuação na sede da delegacia da PF em Mossoró e indiciado em crime de moeda falsa, o homem ali permanece custodiado, à disposição da Justiça.

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima