Navio ‘amaldiçoado’ é descoberto 115 anos depois de desaparecimento

EMAIL

ARQUIVO

A Sociedade Histórica de Naufrágios dos Grandes Lagos (GLSHS) revelou na última quarta-feira a localização do Adella Shores, um navio a vapor de madeira que sumiu sem deixar rastros há mais de um século. O Adella Shores, que naufragou em Whitefish Point, Michigan, foi localizado a 650 pés de profundidade, a uma distância de apenas 64km do último local onde foi avistado, em 1º de maio de 1909. Todos os 14 membros da tripulação desapareceram junto com o navio.

Segundo informações do jornal O Globo, o Adella Shores foi construído em 1894 pela Shores Lumber Company e pesava 735 toneladas. O navio recebeu o nome de Adella, filha do proprietário da empresa. Devido a uma série de incidentes anteriores, o navio era considerado “amaldiçoado”. Em uma decisão controversa, a família optou por batizar o navio com água, em vez de champanhe, devido à sua forte oposição ao álcool. Acredita-se que essa escolha tenha contribuído para a suposta maldição que assombrou o navio.

Um vídeo da descoberta exibe partes do navio e um utensílio de cozinha comum, agora em repouso no fundo do Lago Superior. Entre os destroços, é possível identificar a parede da cabine, a caldeira, o guincho de carga e um prato.

O Adella Shores desapareceu de vista enquanto seguia o navio a vapor Daniel J. Morrell através de um denso fluxo de gelo, durante um forte vendaval de nordeste. A descoberta do navio foi feita no verão de 2021 por Darryl Ertel e seu irmão Dan, que utilizaram tecnologia de sonar. Ertel, Diretor de Operações Marítimas da GLSHS, identificou o navio pela medição de seu comprimento e design.

“Eu sabia que deveria ser o Adella Shores quando medi seu comprimento, porque não havia nenhum outro navio nessa faixa de tamanho faltando”, disse Ertel em um comunicado à imprensa. Ele acrescentou: “Assim que coloquei o ROV nele pela primeira vez, pude ver o desenho do navio e combiná-lo com Adella Shores”. A descoberta foi mantida em segredo até que pesquisas minuciosas fossem concluídas para confirmar sua autenticidade.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top