Médico que socorreu Senna dá detalhes chocantes sobre o atendimento

EMAIL

ARQUIVO

Três décadas após a morte de Ayrton Senna, ainda surgem detalhes chocantes sobre os momentos após o trágico acidente em Ímola, na Itália. Em entrevista ao canal italiano “Uisp Emilia-Romagna”, o médico socorrista Alessandro Misley, que atendeu o então piloto da Williams, revelou detalhes do resgate naquele 1º de maio de 1994.

Segundo o profissional, de início ele não sabia do quão grave havia sido o acidente, pois até então só tinha visto o corpo de Senna já no chão ao lado do carro. Alessandro explica que participou dos primeiros contatos de acordo com os protocolos da Fórmula 1, e que logo depois o helicóptero chegou no local para levar o tricampeão do mundo.

“A situação era realmente dramática. Do ponto de vista cardiocirculatório ainda estava vivo, mas o sistema respiratório estava inundado de sangue, o que impedia os procedimentos de reanimação respiratória”, disse.

Na chegada ao hospital em Bolonha, norte da Itália, o médico socorrista relembrou momentos de desespero após o sangue de Ayrton Senna acabar vazando para fora do helicóptero.

“Quando o helicóptero baixou a traseira no pouso, o sangue vazou pelo fundo, com o giro dos rotores, borrifou em volta da área de aterrisagem. Me recordo do meu colega de profissão que estava no chão colocando a mão na cabeça de desespero”, detalhou.

Alessandro Misley afirmou também que a equipe médica do hospital pôde fazer manobras sucessivas, mas que Ayrton Senna faleceu duas horas após ser levado ao local.

Por iG

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top