Marcelinho Carioca não foi reconhecido por sequestradores, diz vítima

EMAIL

ARQUIVO

Taís de Oliveira, mulher que foi sequestrada ao lado de Marcelinho Carioca, chorou ao falar sobre os momentos de terror que viveu na mira dos criminosos. A amiga do ex-jogador disse que só está viva pela misericórdia de Deus. “Ele guardou a gente”, refletiu ela.

Durante entrevista ao Domingo Espetacular, da Record, Taís comentou sobre o momento em que eles foram capturados na frente de sua casa. De acordo com a entrevistada, os sequestradores não sabiam que Marcelinho era famoso e só tomaram conhecimento sobre isso após pesquisarem na internet.

“Eles foram ver quem era o Marcelinho Carioca, que ele era um jogador. Ele foi no banco da frente, e me colocaram no banco de trás. A gente ficou tão tenso, que não sentia vontade de comer, eu bebi água o tempo todo. Eu só pensava nas crianças, pensava: ‘Será que eu ia voltar viva?’, lembrou Taís.

A mulher ainda lamentou que o ex-jogador tenha sido apontado como seu amante nas redes sociais. Ele precisou gravar um vídeo no qual dizia ter sido sequestrado pelo marido de Thaís, mas, posteriormente, revelou que havia sido ameaçado pelos criminosos.

“Não sei o que passa na cabeça das pessoas, elas ficam julgando, falando um monte de coisa que não sabem, que não conhecem. É muito difícil isso”, desabafou ela. “A gente saiu intacto! Foi Deus ali, foi Deus que guardou a gente de verdade”, completou em outro trecho.

Por Notícias da TV

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top