Mais de 20 espécies de animais silvestres foram resgatadas este ano em Natal

EMAIL

ARQUIVO

O Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) vem realizando um trabalho continuado de resgate e proteção de animais silvestres na capital. Somente no primeiro quadrimestre deste ano foi registrado resgate de 20 espécies que estavam perdidas no ambiente urbano, machucadas ou distante do seu habitat.

As ocorrências de resgate de animais silvestres em Natal foram registradas em todos os bairros, e muitas vezes, a contribuição da população é fator primordial no acionamento das guarnições para agir no trabalho de amparo, cuidado e destino correto desses animais. Sem essa ação das guarnições, os animais teriam poucas chances de sobrevivência na maioria dos casos.

Durante este ano já foram registrados o resgate de espécies como o frango-d’água-azul, tatupeba, cágado, gavião-carijó, periquito-da-caatinga, coruja-de-igreja, sagui-do-tufo-branco, gambá, iguana, papa-capim-capuchinho, sabiá-da-mata, corujinha-de-orelha, asa-de-telha-pálida, garibaldi, além outras aves mais comuns, a exemplo do azulão, golinho, galo de campina, rolinha, entre outros.

O coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz, explicou que o trabalho de resgate é uma das missões que compete ao Grupamento Ambiental da Guarda, pois por Natal ser uma cidade com considerável área de Zona de Proteção Ambiental é comum a ocorrência de animais silvestres no setor urbano, o que coloca em risco as suas vidas. “No momento que somos acionados vamos ao local, realizamos o resgate e direcionamos para a instituição de proteção que avalia a saúde do animal e o reconduz à natureza. É um trabalho de proteção e valorização da nossa fauna”, informou.

A ação dos guardas do Gaam já resultou em resgate de animais exóticos como uma arara azul, jacaré e até mesmo jiboia. Algumas vezes o atendimento chega para animais ainda filhotes, que de alguma forma caíram de ninhos. “Nessas situações é importante que o cidadão nos acione, mantenha o local isolado até a nossa chegada e nunca tente agredir o animal sem o conhecimento técnico para isso”, alertou Isaac.

Qualquer cidadão que se deparar com algum animal silvestre fora do seu habitat pode solicitar o apoio do GAAMGMN através do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) ligando para o número 190.

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima