Fátima sanciona Lei que permite a Caern atuar fora do RN e do Brasil

EMAIL

ARQUIVO

O governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), sancionou a Lei de Modernização da Caern, possibilitando a expansão dos serviços públicos de saneamento básico no Rio Grande do Norte em suas quatro áreas principais, assim como atividades comerciais e de serviços tanto no Brasil quanto no exterior.

A lei N° 11.695, que emenda a Lei Estadual 3.742 de 26 de junho de 1969, foi anunciada na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira 28. A legislação concede à companhia a autorização para operar em quatro aspectos do saneamento, incluindo a gestão de drenagem de águas pluviais, além da coleta e tratamento de resíduos sólidos, tanto em território brasileiro quanto em outros países.

A lei também permite à Caern estabelecer subsidiárias, formar parcerias com objetivos específicos ou outras empresas, com operações em uma ou mais microrregiões de saneamento básico no estado. Além disso, possibilita a modificação da natureza das ações e outras participações societárias detidas, direta ou indiretamente, pela Caern e suas subsidiárias.

Exploração de Serviços

A Caern agora está autorizada a explorar serviços que incluem a produção, conservação e comercialização de energia gerada em suas instalações, uso de redes para instalação de fibras ópticas, prestação de consultoria, assistência técnica e certificação nas áreas designadas, venda de serviços, produtos, benefícios e direitos resultantes diretamente ou indiretamente de seus ativos patrimoniais, bem como subprodutos resultantes de seus processos produtivos, além de fornecer outros serviços relacionados à saúde pública e outros serviços de interesse para a Caern e o Estado do Rio Grande do Norte.

“Com esta medida, a Caern avança para um novo estágio e terá os recursos adequados para enfrentar a nova realidade competitiva trazida pelo Novo Marco do Saneamento, podendo estabelecer subsidiárias para oferecer outros tipos de serviços, visando, com as receitas geradas, contribuir para a redução das tarifas”, comemorou o presidente da Caern, Roberto Linhares.

Ele também acrescentou que a empresa poderá comercializar produtos gerados, como o gás natural produzido na Estação de Tratamento de Esgotos, que poderá ser usado nos veículos da Caern e para abastecer geradores, com a possibilidade até de vender o excedente.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top