Estudante diz ter tirado “nota mil” na redação do Enem e vira caso de polícia; nota indicada no site do exame é 680

EMAIL

ARQUIVO

O estudante Igor Kleyverson, de 23 anos, se pronunciou nas redes sociais sobre a polêmica em que está envolvido. Ele divulgou nesta semana que é um dos estudantes “nota mil” na redação do Enem, mas sua nota indicada no site do exame é 680. O aluno de Escada, interior de Pernambuco, diz que houve um erro no sistema e sua nota foi alterada.

“Estou dando minha cara a tapa porque não tenho nada a esconder”, declarou Igor, que diz ter contratado um advogado para cuidar do caso. Ele chegou a gravar um vídeo com o diretor do cursinho em que estuda, celebrando a nota máxima no Enem.

Em comunicado, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nega esse tipo de modificação e informou que a nota realmente é 680.

Caso de polícia

A situação teve tanta repercussão que a Polícia Civil de Pernambuco abriu um inquérito e diligências estão acontecendo.

Uma das linhas de investigação é que Igor usou uma imagem falsa do sistema do Enem indicando a nota máxima na redação. O estudante nega a fraude. Em entrevista para o Jornal do Commercio, de Pernambuco, ele disse que a repercussão do caso está prejudicando sua família.

“Nós estamos aguardando uma resposta. Essa repercussão tem sido desastrosa, desde ontem não consigo comer direito, minha mãe está sem dormir. Todos nós estamos muito apreensivos e querendo saber o que realmente aconteceu”.

Por Metrópoles

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top