Empresário recebe Pix de R$ 690 mil por engano e parcela devolução

EMAIL

ARQUIVO

Um empresário de Santos, no litoral de São Paulo, levou um susto ao receber um Pix de R$ 690 mil por engano. Lealdo dos Santos Souza, de 38 anos, contou que achou se tratar de um golpe, mas ao perceber a confusão, não pensou duas vezes em devolver a bolada. Ele descobriu que o dinheiro seria usado para a compra de um apartamento e precisou devolvê-lo em parcelas após ter problemas com o banco.

“Na hora [do Pix] fiquei desesperado […]. Na minha cabeça, a primeira coisa que eu pensei era que fosse algum golpe, que os caras jogaram na minha conta por engano e depois iam vir me procurar”, afirmou o empresário, que tem um comércio no ramo de ar-condicionado automotivo.

Neste período, o empresário recebeu “muitos conselhos” orientando a ficar com a bolada. “Só que minha cabeça e meu coração falaram que tinha que fazer a coisa certa. Eu não pensei duas vezes em devolver”, afirmou.

Ele entende que a decisão foi a melhor possível. “Fiquei mais feliz depois que eu consegui achar [o dono]. Vi que era um senhor, uma pessoa de boa índole que trabalhou pra caramba”, afirmou.

Lealdo encontrou o dono do dinheiro um dia após receber o Pix. Ele foi até a agência do banco de origem do dinheiro e falou com uma gerente, que localizou o proprietário da conta.

O empresário contou que, em 15 minutos, o homem apareceu na agência junto com uma advogada.

No entanto, ambos não sabiam o motivo da confusão. Até que, dias depois, descobriram que o bancário tinha sido cliente do empresário um mês antes da confusão. “Fiz um trabalho no carro dele”, relatou Lealdo, dizendo que sua conta tinha ficado salva, apesar de não se conhecerem.

Com tudo esclarecido, Lealdo tentou fazer o estorno do dinheiro, mas foi bloqueado pelo seu banco C6 Bank. “Tive um transtorno […]. Eles bloquearam a minha conta, não conseguia fazer nada”. Após resolver essa situação, só conseguiu devolver a quantia em parcelas.

O empresário fez Pix de R$ 100 mil por dia até chegar ao valor de R$ 690 mil, terminando nesta quinta-feira (16). Segundo Lealdo, ele mantém contato com o bancário por meio da advogada dele, pois o homem tinha passado por problemas de saúde recentemente.

Por G1

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top