Empresa canadense lança obras do Complexo Seridó e assina protocolo de intenções com Idema

EMAIL

ARQUIVO

A Elera Renováveis, do grupo canadense Brookfield, lançou nesta terça-feira (28) a pedra fundamental de seu mais novo parque eólico: o Complexo Oeste Seridó, todo Licenciamento pelo Idema. A solenidade marcou, também, a assinatura de um Protocolo de Intenções, entre o Idema e a empresa, para retomada do projeto Barco Escola, “Chama Maré”. Na ocasião, o diretor-geral do órgão ambiental, Leon Aguiar, assinou o documento juntamente com o presidente da Elera, Fernando Mano.

Para o diretor-geral do Idema, a assinatura do protocolo de intenções para o retorno do Barco Escola demonstra a responsabilidade socioambiental da empresa. “Voltar com um projeto tão importante para a educação ambiental do Rio Grande do Norte tem sido uma dos nossos desafios a serem vencidos. Agora, contar com a Elera nesta empreitada reforça a importância da união de todos os agentes sociais na promoção do desenvolvimento sustentável”, disse Leon Aguiar.

Outro destaque feito pelo gestor do órgão ambiental tratou dos investimentos que serão realizados no Rio Grande do Norte com a efetivação do Complexo Oeste Seridó, no município de Parelhas.

O empreendimento possui capacidade instalada de geração de 247,5 MW. “Em 2024, quando serão concluídas as obras da fase 1, essa energia será suficiente para abastecer cerca de 2 milhões de pessoas, evitando a emissão de 740 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera”, pontuou Aguiar. O complexo eólico Seridó é o segundo empreendimento da companhia no estado potiguar e que envolve investimentos de R$ 1,5 bilhão, gerando 1000 empregos diretos na fase de implantação.

Os números reforçam o lugar do Rio Grande do Norte no ranking da geração eólica no País. Com a liderança na produção, o estado conta com 212 parques em operação, com potência total instalada de 6,4 GW. Além disso, segundo dados da Aneel, há 127 empreendimentos outorgados, que devem acrescentar mais 4,3 GW nos próximos anos. Desse total, 45 projetos, ou 1,4 GW, estão em fase de construção.

O evento contou com a presença do secretário da Sedec, Silvio Torquato, da subcoordenadora de Educação Ambiental do Idema, Iracy Wanderley, e da supervisora do Setor Florestal do Idema, Priscila Augusto.

O Complexo Seridó contará com 55 aerogeradores da dinamarquesa Vestas. Segundo o presidente da Elera, Fernando Mano, o parque será implementado em área considerada a “melhor do mundo” para geração eólica onshore: na região Serrana de Parelhas, onde o fator de capacidade medido é de 60%.

O outro parque eólico da Elera no Rio Grande do Norte é o complexo Renascença (Renascença I, II e III e Ventos de São Miguel), na região de João Câmara e Parazinho, com capacidade instalada de 150 MW e em operação desde 2015. A Elera Renováveis está focada nos investimentos em energias renováveis da Brookfield, que representam R$ 22 bilhões e 1,9 GW em capacidade instalada no território nacional.

Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima