Empreendedora cubana cria perfume com essência de tabaco

EMAIL

ARQUIVO

No coração de Havana, uma empreendedora cubana descobriu uma maneira inovadora de combinar sua cultura com perfumaria. Clara Camalleri, 53 anos, usa folhas de tabaco, uma das exportações mais conhecidas de Cuba, para criar um perfume caseiro distinto que ela espera um dia vender para o mundo.

A Origem da Fragrância do Tabaco

Localizada no oeste do Caribe, Cuba é conhecida por seu solo fértil que permite o crescimento de tabaco de alta qualidade. Em especial, a província de Pinar del Rio, conhecida por produzir os melhores tabacos e charutos do mundo.

Para a criação do perfume “Vitola Cubana”, como chamou, Camalleri aproveita as folhas verdes e veiosas dos charutos. Elas são esmagadas em seu pequeno laboratório, ao lado de sua casa, e o sumo perfumado é misturado com álcool e outras essências. “Isso lhe dá um toque especial e um aroma mais equilibrado”, descreve Camalleri. Segundo ela, o perfume tem um cheiro “exótico” com notas de “ácido e madeira que conferem um caráter sedutor e distinto”.

A Empreendedora por trás da inovação

Camalleri começou a fazer perfumes em casa em 2018, mas só recentemente transformou sua paixão em uma empresa, depois que o governo comunista de Cuba levantou a proibição às empresas privadas em vigor desde pouco depois da revolução de Fidel Castro em 1959.

Apesar dos muitos desafios em Cuba, que enfrenta sua pior crise econômica em décadas, Camalleri persistiu. Segundo ela, a produção de perfumes é um trabalho complexo não apenas em Cuba, mas em qualquer lugar. Dificuldades para obter matérias-primas, importações e lidar com problemas básicos como falta de eletricidade e embalagens são alguns dos obstáculos enfrentados.

Expansão do negócio

Mesmo com as dificuldades, Clara e sua família continuam expandindo o negócio. Em seu laboratório, produzem também outros perfumes, géis antibacterianos e colônias a partir de essências derivadas de girassol, chocolate, café e canela. A empreendedora tem esperança de que, um dia, será capaz de exportar seus produtos, mas, por enquanto, encontrou um forte mercado interno.

“Em Cuba, há escassez de perfumes… e estamos tentando atender a essa demanda”, explica Camalleri. Com essa iniciativa, a empreendedora não apenas está inovando no ramo da perfumaria, mas também fornecendo soluções para a população local e reforçando o espírito empreendedor no país.

Por O Antagonista

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top