Pesquisar
Close this search box.

Dupla de atores é preso suspeito de desviar valores doados para o RS

EMAIL

ARQUIVO

Um casal de atores de Fortaleza (CE) foi preso na manhã desta quinta-feira (13/6), sob suspeita de desviar doações destinadas ao resgate de animais durante as chuvas e enchentes no Rio Grande do Sul. De acordo com a Polícia Civil, a dupla foi identificada a partir de uma investigação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que faz parte da Força-Tarefa Cyber, focada em estelionatos e fake news relacionadas às inundações no estado.

Segundo o delegado Eibert Moreira Neto, diretor da Divisão de Investigação Criminal do Deic, os suspeitos criavam chaves Pix muito semelhantes às das campanhas reais. “Eles usavam chaves Pix quase idênticas às de duas influencers populares nas redes sociais que apoiam a causa animal”, afirmou ele.

A polícia identificou 234 chaves Pix criadas pelo casal, sendo que cerca de 50 foram feitas apenas em maio. As chaves falsas diferiam da original por apenas um dígito. Os valores doados eram direcionados a contas abertas com documentos falsos pelos investigados.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados, mas, conforme o portal GZH, trata-se do ator e comediante Aldanísio Paiva e da apresentadora de rádio, atriz e influenciadora digital Regina Belo, ambos de 50 anos. O casal residia em Fortaleza, onde a polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão, confiscando documentos falsos.

De acordo com o delegado João Vitor Heredia, a dupla contava com o erro das pessoas ao fazerem os Pix para as campanhas. Policiais civis do Rio Grande do Sul viajaram mais de 4 mil quilômetros para cumprir a prisão preventiva do casal, decretada pela Justiça.

Campanhas Afetadas

Entre as campanhas prejudicadas estão as de Paola Saldívia (@paolasaldivia) de Canoas, com 358 mil seguidores no Instagram, e Deise Falci (@deisefalci) de Porto Alegre, com 582 mil seguidores. Ambas são protetoras de animais e arrecadavam doações para cuidar dos pets resgatados durante a enchente. As influenciadoras perceberam problemas nas doações via Pix e alertaram a polícia.

Outras campanhas de doação também foram afetadas, e a polícia aguarda o bloqueio do sigilo bancário para determinar quanto foi desviado pelo casal.

Operação “Dilúvio Moral Doppelganger”

A operação, realizada com o apoio da Polícia Civil do Ceará, é chamada “Dilúvio Moral Doppelganger”, em referência ao casal suspeito de se passar por outras pessoas para abrir contas bancárias. “Doppelganger” se refere a um sósia ou “duplo ambulante”, nas lendas nórdicas e germânicas, ver seu doppelganger era considerado um presságio de morte.

Força-Tarefa Cyber

Criada para combater golpes e a disseminação de fake news durante a tragédia climática, a força-tarefa já analisou cerca de 60 casos e abriu pelo menos 30 inquéritos, resultando na remoção de 71 sites, perfis e publicações.

Como Denunciar

Se for vítima de golpe ou perceber páginas ou perfis disseminando notícias falsas, denuncie à Polícia Civil pelos números 197, 181 ou (51) 98444-0606. Também é possível registrar ocorrência nas delegacias ou pelo site da Delegacia Online.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima