Diretor da OMS não descarta possibilidade de a origem do coronavírus ter sido em laboratório

EMAIL

ARQUIVO

O diretor geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Adhanom Ghebreyesus, não descarta a possibilidade da origem da Covid-19 ser a partir de um acidente em um laboratório em Wuhan, na China. Nesta terça-feira (30), ele disse que “todas as hipóteses permanecem na mesa”.

Ghebreyesus ainda explicou que apesar de os investigadores terem concluído que a tese de acidente em laboratório de Wuhan seja “extremamente improvável”, mais estudos são necessários para melhor compreendê-la.

“Este relatório é um começo muito importante, mas não é o fim. Ainda não encontramos a fonte do vírus e devemos continuar a seguir a ciência e fazer tudo o que for possível enquanto investigamos. É claro que precisamos de mais pesquisas em uma série de áreas, o que implicará em mais visitas de campo”, afirmou.

O chefe da OMS também criticou a China pela ausência de dados brutos sobre o início da pandemia. Na semana passada, Robert Redfield, ex-diretor do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, defendeu a tese de que o novo coronavírus teria escapado acidentalmente de um laboratório em Wuhan, na China.

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima