Diretor da OMS não descarta possibilidade de a origem do coronavírus ter sido em laboratório

EMAIL

ARQUIVO

O diretor geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Adhanom Ghebreyesus, não descarta a possibilidade da origem da Covid-19 ser a partir de um acidente em um laboratório em Wuhan, na China. Nesta terça-feira (30), ele disse que “todas as hipóteses permanecem na mesa”.

Ghebreyesus ainda explicou que apesar de os investigadores terem concluído que a tese de acidente em laboratório de Wuhan seja “extremamente improvável”, mais estudos são necessários para melhor compreendê-la.

“Este relatório é um começo muito importante, mas não é o fim. Ainda não encontramos a fonte do vírus e devemos continuar a seguir a ciência e fazer tudo o que for possível enquanto investigamos. É claro que precisamos de mais pesquisas em uma série de áreas, o que implicará em mais visitas de campo”, afirmou.

O chefe da OMS também criticou a China pela ausência de dados brutos sobre o início da pandemia. Na semana passada, Robert Redfield, ex-diretor do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, defendeu a tese de que o novo coronavírus teria escapado acidentalmente de um laboratório em Wuhan, na China.

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top