Criar Ministério da Segurança Pública não resolve problema, diz diretor-geral da PF

EMAIL

ARQUIVO

O diretor-geral da PF (Polícia Federal), Andrei Rodrigues, disse nesta quinta-feira (4) ser contra a criação do Ministério da Segurança Pública. Segundo ele, a divisão do Ministério da Justiça não é efetiva para solucionar os problemas de segurança pública do Brasil.

“Mais importante que se falar em dividir ou não em dividir, e eu sou contra a divisão, acho que o Ministério precisa ser fortalecido. Trabalhar com as duas áreas de maneira conjunta não é uma solução mágica para um problema complexo“, disse em entrevista à GloboNews.

Rodrigues também informou que não foi cotado para assumir o ministério. “De maneira alguma, meu trabalho está focado na Polícia Federal“, disse. Segundo o diretor da PF, ainda não houve um diálogo com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre a garantia de manutenção da equipe da instituição policial, escolhida por ele.

“A medida que Lula escolher o ministro da Justiça, nossa equipe se apresentará a novo ministro”, afirmou.

Até 8 de janeiro a vaga é ocupada por Flávio Dino, que tomará posse como ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) em 22 de fevereiro.

Por Poder 360

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top