Bando que fraudou R$ 1 milhão do auxílio emergencial é alvo da PF

EMAIL

ARQUIVO

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (6), a Operação Checker. O objetivo é desmantelar esquema de fraudes no recebimento do auxílio emergencial do governo federal e identificar possível envolvimento de organização criminosa. Pelo menos 12 agentes da PF cumprem dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão, em Umuarama (PR). O golpe deu prejuízo de cerca de R$ 1 milhão às vítimas e ao governo.

Segundo a PF, para fraudarem o auxílio, os criminosos faziam uso de programas de computador geradores de CPFs e softwares chamados “checkers”, que indicavam os titulares aptos a receberem o benefício.

Ainda de acordo com as diligências policiais, os saques eram feitos diretamente no caixa eletrônico, na agência bancária, ou então, quando em valores maiores, por meio de transferência do sistema PIX.

Estima-se que o prejuízo causado às vítimas das fraudes, bem como aos cofres públicos, apenas pelos levantamentos iniciais, seja próximo a R$ 1 milhão, sem considerar outros potenciais envolvidos, o que será possível investigar a partir da análise dos materiais apreendidos.

Com a atuação dos fraudadores, além do enorme prejuízo ao erário, centenas de pessoas foram privadas do recebimento do benefício, justamente no momento mais agudo da pandemia.

Por Metrópoles

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima