Assembleia veta homenagem ao MST e Isolda lamenta: “É uma tristeza”

EMAIL

ARQUIVO

Não foi desta vez que a deputada estadual do PT, Isolda Dantas, vai conseguir homenagear os 40 anos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na Assembleia Legislativa do RN. Após uma semana tentando convencer os colegas deputados a aprovarem o requerimento dela, hoje (13) a AL decidiu rejeitar o pedido: foram 11 deputados contra e apenas cinco a favor. Isolda, claro, lamentou.

“Não é razoável uma Casa impedir que trabalhadores e trabalhadoras passem 10 anos debaixo de uma lona preta produzindo alimentos, sejam homenageados”, lamentou a parlamentar, ressaltando que a classe política que vota contra o MST, entra nos assentamentos para pedir votos. “Aqui fica minha tristeza, meu lamento”, disse a deputada.

Segundo a deputada Isolda Dantas, a ação da oposição terá consequências futuras. “Não é de imediato”, disse a deputada, que pediu ‘menos ódio’ na política. Ela lembrou que o MST é um dos maiores produtores de arroz orgânico do Brasil. “Qual a razão de tudo isso se não for o ódio?”, questionou Isolda Dantas.

O veto foi motivado pela declaração de oposição ao requerimento feita pelo deputado estadual Coronel Azevedo (PL), que criticou a homenagem a um movimento que, segundo ele, opera à margem da lei, invadindo terras produtivas. Azevedo alegou que a proposta da parlamentar seria uma forma de prestigiar um grupo envolvido em atividades ilegais em todo o país.

Por 96 FM Natal

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Scroll to Top