Pesquisar
Close this search box.

Advogada e empresária: veja quem é a mulher acusada de injúria racial dentro de aeroporto

EMAIL

ARQUIVO

Em meio a uma discussão na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para endurecer a punição para passageiros considerados indisciplinados, uma advogada mineira chamou atenção nacional ao ser flagrada agredindo um funcionário de companhia aérea após ser retirada do voo. A mulher, segundo a polícia, também teria cometido injúria racial contra o trabalhador, ao chamá-lo de macaco. Veja a seguir quem é a advogada envolvida no caso.

A advogada Luana Otoni de Paula foi presa, na noite de domingo (23), após agredir um funcionário da companhia aérea Azul, no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. Nesta segunda-feira (24), durante audiência de custódia, a Justiça concedeu liberdade provisória para a advogada.

Em uma plataforma de mídia social focada em negócios e emprego, a advogada coloca que se formou em Direito no Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH) e fez especialização em Direito Processual pela PUC Minas.

Nas redes sociais, Luana se apresenta como advogada, executiva, superintendente jurídica, presidente da Comissão de Direito da Moda e sócia de uma empresa de “networking e conexões para mulheres de negócios”. Tanto o perfil pessoal da advogada, quanto da empresa que ela é sócia foram fechados, após o acontecimento.

Nesta segunda-feira (24), a OAB-MG (Ordem dos Advogados do Brasil seção Minas Gerais) destituiu Luana da presidência da Comissão de Direito da Moda.

Por R7

Twitter
Facebook
Pinterest
WhatsApp

Sobre Portal Seridó 360

A revista eletrônica Seridó 360 foi criado no inicio do ano de 2018, pelo estudante de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, das Faculdades Integradas de Patos/PB, Iasllan Araújo, com o intuito de levar às notícias do Seridó Potiguar a uma única revista – esta.

E-MAIL

ARQUIVO

contato.serido360@gmail.com

WHATSAPP

ARQUIVO

ARQUIVO

ARQUIVO

Arquivos

ANÚNCIO

ARQUIVO

TAGS

ARQUIVO

Rolar para cima